Você é daltônico? Faça o teste!

 

Quais números você enxerga na imagem?

(se você não consegue enxergar os números nas imagens, deve procurar um especialista – um oftalmologista)

 

Daltonismo

Daltonismo: sem cura, doença é quase sempre diagnosticada durante idade escolar.

É comum que as pessoas se refiram aos portadores de daltonismo como aqueles que não conseguem diferenciar as cores. A afirmação é parcialmente correta: o daltonismo é uma denominação genérica para as pessoas que têm alterações nas visões das cores. O nome certo é discromatopsia, que é uma doença hereditária, genética e está ligada pela transmissão do cromossoma x, ou seja, a mulher transmite, mas raramente tem.

Existem vários tipos de discromatopsias, que estão ligadas às três cores básicas, vermelho, verde e azul. O daltônico clássico é aquele que tem o problema nos três pigmentos e atinge uma parte muito pequena da população, o daltonismo varia de 0,5% em mulheres e 5% em homens.

O daltonismo não tem cura nem tratamento e é geralmente descoberto quando na idade escolar. A criança vai ao oftalmologista e serão feitos alguns testes para comprovar a disfunção. O cidadão nasce e morre daltônico. É preciso cuidado com quem tem problemas com verde e vermelho. Ele vai ter uma grande dificuldade para distinguir os sinais de trânsito.

É importante ressaltar que o daltonismo não tem nenhuma relação com outras doenças oftalmológicas e não evolui.

 

(fonte: Agência Saúde – Ministério da Saúde)

Publique aqui um comentário, dúvida ou sugestão