um direito!

 

Simpósio sobre Testamento Vital destaca Morte Digna como Direito!

A Câmara Municipal de São Paulo, através de uma parceria entre o gabinete do vereador Gilberto Natalini (PV) e a Entidade Faz Muito Bem 50+, realizará Simpósio sobre Testamento Vital e Cuidados Paliativos.  

  

Falar sobre morte não faz parte da cultura do brasileiro. Pelo contrário, muitas pessoas evitam até por medo de atrai-la ao conversar sobre finitude.

Entretanto, tem sido cada dia mais frequente a distanásia, aquela morte prolongada com o uso de recursos excessivos, desproporcionais até, que o avanço da medicina e da tecnologia possibilita atualmente. Medida que se reforça também com o ensino médico que privilegia o curar e o salvar vidas. E que somente de pouco tempo pra cá tem dado espaço aos Cuidados Paliativos.

Testamento Vital

As Diretivas Antecipadas de Vontade ou Testamento Vital não se confunde com o pedido de eutanásia, definida como morte antecipada a pedido do paciente, que é proibida no Brasil.

Trata-se da possibilidade do cidadão deixar, por escrito, a declaração de sua vontade, ou seja, nos casos em que se atinge a terminalidade da vida, em doenças crônicas ou acidentes graves sem possibilidade de recuperação, quais os tratamentos que quer, ou não, a que seja submetido. Se deseja o uso de tratamentos paliativos que proporcionam conforto, ou os agressivos e intervencionistas.

O Testamento Vital possibilita a escolha entre a distanásia (adiamento da morte) e a ortotanásia, que é a possibilidade de se ter uma morte digna, deixando a natureza seguir seu curso, mediante o desejo do paciente.

É um direito de cada um decidir o que deseja no final da vida. Uma maneira, inclusive, de se respeitar a própria biografia, podendo garantir que o momento final seja compatível com seus valores e com sua trajetória.

Há respaldo legal pela Resolução 1995/2012 do Conselho Federal de Medicina, ainda que o tema necessite de regulamentação específica.

Programação do Simpósio

Das 08h30 às 17h00, no Auditório Prestes Maia, na Câmara Municipal de São Paulo, especialistas das áreas médica e de saúde e do direito estarão esclarecendo e discutindo temas como: a longevidade e sua relação com saúde e finitude; ética e bioética na terminalidade; aspectos jurídicos das Diretivas Antecipadas de Vontade; os Cuidados Paliativos e a Morte Digna; experiências em hospitais públicos e privados; a importância da comunicação com paciente e família e como lidar com os lutos.

Na oportunidade também será lançado o portal diretivasantecipadas.com que reunirá informações sobre o tema, com respaldo profissional, disponibilizado gratuitamente a sociedade.

Na plateia estarão profissionais das áreas médica e de saúde, também advogados e representantes de associações de pacientes e da população em geral. Em apenas três dias de lançamento do Simpósio todas as 150 vagas foram preenchidas, reforçando a importância de conversarmos e nos prepararmos para lidar com a finitude.

No intervalo de almoço, das 12h30 às 13h30, também estará disponível para o público experienciar por meio de um simulador a vivência de mobilidade reduzida, que costuma gerar grande impacto pois, em geral, pessoas saudáveis, com autonomia completa, não sabem mensurar as dificuldades de quem tem problemas de visão ou de locomoção.

Este 1o Simpósio sobre Diretivas Antecipadas de Vontade, Cuidados Paliativos e Morte Digna é idealizado por Lina Menezes, diretora da Faz Muito Bem Longevidade, Saúde e Cidadania. Ela é jornalista e educadora que atua há mais de 20 anos com educação em saúde e há 10 pesquisando o universo do Testamento Vital e Morte Digna.

O evento tem a parceria e apoio do vereador Gilberto Natalini, médico, dedicado às causas da saúde e do meio ambiente.

O Simpósio conta com a participação de profissionais especialistas de diversas instituições. Dentre elas: Associação Médica Brasileira, Cremesp, SBGG – Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia, Serviço de Geriatria do HC-FMUSP (Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo), Câmara Técnica de Bioética do Conselho Federal da Medicina, Unidade de São Paulo da Cátedra de Bioética da UNESCO, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Hospital do Servidor Público Estadual e Municipal de São Paulo, Hospital Premier, Instituto Paliar, Instituto de Psicologia 4 Estações, Academia Nacional de Cuidados Paliativos (ANCP) e do Programa Melhor em Casa da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo.

Serviço:

1o Simpósio Brasileiro sobre Diretivas Antecipadas de Vontade, Cuidados Paliativos e Morte Digna

Dia: 29/06/2018

Horário: das 08h30 às 17h00

Local: Câmara Municipal de São Paulo (Viaduto Jacareí, 100)

Sala Prestes Maia (1o andar)

Realização: Faz Muito Bem Longevidade, Saúde e Cidadania e vereador Gilberto Natalini

Mais informações:

Lina Menezes (linamenezes@fazmuitobem.com) e Luciana Feldman (lucianafeldman@gmail.com)

 

programação

Programa do Simpósio Testamento Vital, Cuidados Paliativos e Morte Digna 29 junho 2018 ok pdf

Publique aqui um comentário, dúvida ou sugestão