Stela Alves: olhar fashion e sensível

2

 

Stela Alves by Anderson de Oliveira

by Anderson de Oliveira.

Stela Alves é uma artista. Fotografa a moda na rua no mundo inteiro. E pra nossa sorte, pois ela tem um olhar incrível e cobre os principais Fashion Weeks do mundo, Stela é nossa colaboradora! Acompanhem os seus flagrantes de street style na seção Estilo.

E, claro, fomos ouvir um pouco da própria como ela do Brasil foi morar na Alemanha fazendo este trabalho belíssimo.

 

FMB: Stela, primeiro você descobriu o jornalismo ou a fotografia?

STELA: Cursei jornalismo, e, durante os dois primeiros semestres, me preparava para prestar o vestibular de arquitetura, que era o que realmente queria. Durante o curso de Comunicação Social, na primeira aula de laboratório da disciplina fotografia, ao ver uma imagem surgindo no papel, me apaixonei, e, acho que, naquele momento, decidi ser fotógrafa. Foi mágico. Desisti de arquitetura, concluí o curso de Comunicação, com habilitação em Jornalismo. Ainda durante o curso, trabalhei na Cooperativa de Jornalistas do Paraná.

 

FMB: E quando pintou a vontade de estar assim pelo mundo?

STELA: Essa vontade se manifestou desde que comecei a estudar História e Geografia, ainda no curso primário, que eram minhas disciplinas prediletas. Eu sonhava com as coisas que lia e aprendia, queria conhecer outros mundos, sempre tive esse desejo. Nunca sonhei em casar, ter filhos, uma casa com piscina. Sempre achei isso tão pouco…

 

FMB: Foi difícil chegar até aqui, em sua posição de fotógrafa reconhecida e prestigiada? Conte um pouco pra gente.

STELA: Sim, bem difícil, mas o mais difícil é se manter. Tem muitos blogs e todo blogueiro é também “fotógrafo”. A concorrência é muito grande. No Brasil eu já tinha uma posição privilegiada, trabalhava em jornais e revistas importantes de São Paulo, mas, aqui na Alemanha, foi muito difícil. Primeiro a barreira da língua, que, claro, foi superada; depois a barreira da falta de contatos. No Brasil, a comunicação entre as pessoas é bem mais fácil, pois somos mais abertos; aqui é muito difícil conhecer novas pessoas, fazer contatos. Depois de sofrer um pouco trabalhando numa área que não era a minha, em feiras, como tradutora para empresários brasileiros e franceses, conheci uma fotógrafa que me deu a primeira dica de uma revista alemã, a Life&Style, que comprava fotos de street style. Fiz algumas, mandei, e eles compraram. A partir daí, comecei a me especializar em Street Style, fiz o site, e, hoje, me sinto mais confortável, tenho uns clientes fixos aqui e no Brasil, mas sou free lance. Na verdade, prefiro assim. Não gosto de vínculo empregatício, não gosto de patrão.

 

FMB: Pela sua ótica, ou pela sua lente, quais são as mulheres que realmente a encantam?

STELA: Independente da idade, ou se ela veste Prada ou C&A, para mim, a pessoa tem que ter um estilo próprio. Eu não acho que isso seja uma coisa tão simples, tem que gostar de moda, mas não daquele tipo que veste o que está na moda. Eu, por exemplo, detesto andar na moda, quando gosto de alguma coisa que está nas vitrines e nas ruas, compro, guardo, e quando a onda passa uso. O mais importante, o que encanta, é isso, que a pessoa tenha seu estilo, claro que num site de moda de rua, eu não posso colocar apenas o que eu gosto, tenho que postar o que as pessoas estão usando, seja ela fashion vítima, ou com estilo próprio, cheia de atitude.

 

FMB: Como é sua agenda de trabalho? Como seleciona as fashions weeks?

STELA: Não dá para deixar Paris, esse é, sem dúvida, o mais importante. Depois vem Milan, London e New York. Esses são os desfiles que não podemos deixar de cobrir. Apesar da importância deles, a FW que mais gosto é o de Copenhagen. Acho que lá está acontecendo algo de inovador na moda, além disso, adoro a cidade e os dinamarqueses. Já fiz até amigos por lá, pois o povo é aberto, simpático, mas, o mais importante é que se vestem de uma maneira muito interessante. Acho meio Jil Sander o estilo deles. Agora estou mudando o meu foco e quero ir para aquelas Fashion Weeks menos badaladas. Acabei de voltar de Moscou e, adorei. Pena que eles cometem o erro de começar os desfiles a partir das 4 da tarde, e, para fotógrafo de stret style é péssimo, porque depois de uma hora, não temos mais luz, principalmente porque a semana de moda lá acontece em outubro e março e não no verão. Adoraria conhecer as Fashion Weeks da Tunisia, Paquistão, Islândia, Tailandia e outros países menos badalados.

FMB: Dá tempo, então, de cuidar de você, casa, plantas, família, amigos?

STELA: Além de fotógrafa, quando não estou viajando, sou dona de casa, daquelas que cozinha, lava e passa. Empregada aqui na Europa só mesmo para ricos, mas ricos mesmo, o máximo que a gente se permite é uma faxineira. As plantas ficam por conta do meu marido, que é arquiteto paisagista. Temos até uma pequena horta na varanda, no verão. Nós adoramos receber amigos para jantar e, quando isso acontece, eu meto a mão na massa mesmo. Adoro cozinhar. No Brasil nunca fritei um ovo, mas aqui tive que aprender, e, fico feliz que tenha aprendido. Acho maravilhoso preparar pratos especiais e exóticos.

 

FMB: Como você se define como mulher? A gente quer saber.

STELA: Difícil se auto definir, mas posso dizer que me sinto uma pessoa bem resolvida. Sei o que quero e o que não quero. Não tenho problemas com a chegada dos anos, jamais faria uma plástica rejuvenescedora. Acho maravilhoso que a idade nos traga mais serenidade, tolerância e sabedoria.

 

FMB: Viagem marcada ao Brasil? São Paulo?

STELA: Sim, em abril para visitar a família, e novembro, para a Fashion Rio. A São Paulo não penso em ir mais, pois, infelizmente, o local, a Bienal, é péssimo para as fotos. Na maioria das Fashion Weeks, os shows acontecem em locais diferentes, isso é muito bom, dá mais trabalho, mas, em compensação, temos cenários diferentes para as fotos. Espero que no Rio seja melhor nesse sentido, embora em termos de moda, eu prefira São Paulo

Beijão. Seja bem-vinda, você me FAZ MUITO BEM!

 

Street Style por Stela: um blog internacional sobre moda de rua em todo o mundo:

www.streetstylebystela.com

streetstylebystela@hotmail.com

2 Responses

Publique aqui um comentário, dúvida ou sugestão