Observe… uma nova perspectiva!

2

Sempre há, creio, um novo jeito de olhar o mesmo. Enxergar alguma nuance nova. Um aspecto que até então havia ignorado. Mudar um pouquinho a perspectiva pode resultar em boas surpresas. Sair do confortável, velho conhecido, pode ser a molinha propulsora pra te levar mais longe, num vôo diferente.
É o exercício que estou fazendo. Neste início de ano me empoderei de um bocadinho a mais de ousadia e fechei alguns ciclos, finalizei alguns afazeres habituais e estou investindo fosfato e dedicação em descobrir uma nova forma de apresentar, de fazer, de construir, de existir e ser útil. Dito assim parece impossível! rs Mas, soma daqui, multiplica dali, diminui, divide e compartilha… parece um jardim novo: surgem aqui e acolá, brotos inusitados.
Como amo experimentar coisas novas – lugares, ações, relações, propósitos, produtos, serviços e sentimentos – tenho me possibilitado, inclusive, mais liberdade no olhar. Percebo que, não raras vezes, devo ter limitado tanto – por medos, sensação de (in)segurança ou pelo conforto do hábito – que me moldava numa caixinha bem quadrada. Eita falta de ar!
E é incrível, nem sempre precisa acontecer algo contigo! Pode ser com outra pessoa que ame, um amigo a quem admira, uma pessoa a quem respeita… Algo, em algum momento, lhe mostra claramente que você está pronto… para essa mudança, pra viver mais um, e novo, capítulo da série de sua vida e de seus sonhos!
O diferente nem sempre é confortável mas pode ser muito melhor do que imagina!
bjs
Lina Menezes
10jan17

2 Responses

  1. Valéria Fachini

    Muito legal sua reflexão, as vezes achamos que mudar é algo grande, pesado, difícil e também caro. Temos que estar livres das amarras do cotidiano, do medo e ser fortes, para sermos mansos, e encontrar a felicidade dos detalhes. Amei, bjs

    Responder
    • Lina Menezes

      Pois é, Valéria… mudar é um desafio, sempre. Até naquelas questões que parecem óbvias, e nunca o são. Parar de fumar (mesmo sabendo do mal q faz), iniciar exercícios e fazê-los com regularidade, comer menos e mais saudável, valorizar mais o essencial, menos o q o dinheiro compra… etc etc. A lista é longa pra cada um… e o clic tbém é individual! Obrigada por seu comentário! Adorei! bjs

      Responder

Publique aqui um comentário, dúvida ou sugestão