Marina Menezes: uma grande mulher

É o nome de minha mãe. Linda. Ela é sensível, inteligente, companheira. Sempre foi sábia. Com seu jeito aparentemente tímido, oriental, ela sempre enxerga claro, longe e amplo. E costura decisões, ampara nossas angústias, incentiva nossos sonhos, acolhe e cuida, com carinho e um respeito por nossas individualidades – que nunca vi igual em outro ser humano. Ela criou 4 filhos, e foi parceira inteira de meu pai durante 52 anos. Quando o perdeu para o câncer, ela fechou-se em silêncio durante um ano. E como fênix, das cinzas, renasceu. Aprendeu a redescobrir seus gostos e quereres. Hoje é uma mulher forte, feliz, cheia de vida e alegria. Faz ginástica de segunda a sábado, come saudável, tem amigos antigos e novos, e ama um brilho! Ela é meu exemplo a seguir. Como mãe e mulher!

 

Publique aqui um comentário, dúvida ou sugestão