INSPIRAÇÕES: O tal do tênis, o tênis é o tal

 

tenis 1Renda-se! O tênis saltou da prática esportiva para item indispensável no guarda-roupa, não dá mais para resistir. Não depois que todos os estilistas bacanas o redesenharam, sem contraindicações de idade, hora ou lugar. O modelo da foto é o lançamento da Chanel, já desfilando pelas ruas de Dusseldorf (fotos Stela Alves).

Karl Lagerfeld aposta forte na pegada atlética com aquele jeitão meio desengonçado. O recado é claro: não se preocupe, é charmoso se “alguma coisa está fora da ordem”, como diz a letra de Caetano. É a democracia do tênis. Que pode ir tranquilamente até com um vestido tubo comportado e com bolsa classy, como esta da Céline. No caso, a echarpe azul longa combinando é um plus, mas nem precisa.

Na prática, pelas ruas descoladas do mundo, tênis de todos os tipos estão batendo perninhas: os creepers (modelo iate da década de 90, mas com solados grossos e retos, lançados inclusive pela Chanel na coleção passada); os sneakers (com salto embutido), inventados por Isabel Marant e super copiados; as versões mix em cor única ou muitas juntas, com ou sem rendas, apliques, estampas, brilhos. Sem falar que todas as releituras do velho converse All Star tem lugar cativo.

Ou seja: se você ainda não aderiu,  tipo tênis-não-fica-bem-em-mim, pode ter chegado a hora. De experimentar e descontrair.

Publique aqui um comentário, dúvida ou sugestão