Elvira Alegre: fotógrafa, coragem e talento

1

 

(comportamento)

A foto histórica do registro do velório do jornalista Vladimir Herzog, torturado e assassinado na sede do DOI-Codi de São Paulo foi feita unicamente por Elvira Alegre, em 25 de outubro de 1975, quando ela tinha apenas 19 anos e já atuava como repórter-fotográfica.

Nesta foto, o jornalista e escritor Audalio Dantas chora ao lado do caixão do jornalista Vlado – Vladimir Herzog.

11051757_1006794819354943_1434143185180614062_n

 

Ninguém mais teve coragem naquele dia de fotografar o velório. O clima era de tensão e repressão. Ela estava ali, acompanhada de Hamilton Almeida Filho e Mylton Severiano da Silva. Foi a única pessoa a fotografar a tristeza naquele dia.

Elvira Alegre ainda registrou em foto, Dom Paulo Evaristo Arns, arcebispo de São Paulo, diante do caixão. Testemunhou a dor da mãe de Vlado, dona Zora, e da mulher dele, Clarice.

No final, passou mal. Além da tensão, descobriu-se grávida.

 

10 anos depois

Esta foto de Elvira Alegre, do caixão do jornalista morto na ditadura brasileira, rodou o mundo!

E um fato curioso é que o jornal ‘ex’, na época, pela pressa e para driblar a censura, publicou a matéria sobre a morte de Herzog, sem a foto de Elvira, ainda por ser revelada. Logo após, a redação foi ‘abandonada’.

Somente cerca de 10 anos depois é que esta foto incrível foi publicada na Folha de São Paulo pelo jornalista Dácio Nitrini (até hoje amigo de Elvira).

 

Homenagem

 

1609898_715308185170276_948370133_nAqui, presto uma singela homenagem a esta repórter-fotográfica corajosa, determinada, que estava no lugar e no momento adequados, e conseguiu com um olhar talentoso e mãos firmes, flagrar um momento histórico, ajudando a perpetuar a memória para sempre.

Parabéns querida Elvira Alegre, a quem muito admiro e respeito. E tenho o privilégio de conhecer e nutrir carinho e amizade.

Aliás, aproveito aqui, e sugiro que a organização do Prêmio Vladimir Herzog que acontece há 37 anos preste uma homenagem, com certificação e tudo, a esta cidadã e repórter-fotográfica, que doou todo o acervo de fotos do episódio ao Instituto Vladimir Herzog. Já teve sua foto emblemática publicada, republicada em todas as ocasiões (sempre gratuitamente), no mundo todo, e merece o devido agradecimento à sua importante contribuição!

 

 

37a edição do Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos

O evento de premiação ocorreu em 20 de outubro, ano passado, no Teatro Tucarena (rua Monte Alegre, 1.024), na capital paulista.

Considerado uma das premiações mais significativas do Brasil, o troféu Vladimir Herzog reconhece os trabalhos jornalísticos que valorizam temas relacionados aos valores democráticos em oito categorias:

Artes (ilustrações, charges, cartuns, caricaturas e quadrinhos), Fotografia, Documentários de TV, Reportagem de TV, Rádio, Jornal, Revista e Internet.

Atualmente onze instituições integram o Prêmio Vladimir Herzog:

  • Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo – ABRAJI
  • Centro de Informação das Nações Unidas no Brasil – UNIC Rio
  • Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo
  • Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil
  • Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo – ECA/USP
  • Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ
  • Instituto Vladimir Herzog
  • Ouvidoria da Polícia do Estado de São Paulo
  • Ordem dos Advogados do Brasil – Secção São Paulo
  • Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo
  • Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação – INTERCOM

 

Vencedores | lista oficial

Categoria: Arte

PRÊMIO
Maioridade Penal
Greg | Gregório de Holanda Vieira | Jornal Diário de Pernambuco – PE

MENÇÃO HONROSA
Redução de maioridade penal
Jarbas | Jarbas Domingos de Lira Junior | Jornal Diário de Pernambuco – PE

Categoria: Fotografia  

PRÊMIO
Haitiano toma banho em mictório
Ronny Santos | Jornal Agora São Paulo – SP

MENÇÃO HONROSA
Batalha olímpica
Pedro Kirilos | Jornal O Globo – Rio de Janeiro

Categoria: Internet   

PRÊMIO
As Quatro Estações de Iracema e Dirceu
Ângela Bastos e equipe
Diário Catarinense – Santa Catarina
Equipe: Ângela Bastos (reportagem), Júlia Pitthan (edição), Fábio Nienow (design), Charles Guerra (fotos e vídeos), Leo Cardoso, Betina Humeres e Lucas Amarildo (edição de vídeos).

PRÊMIO
Rota 66, a Confissão
Marcelo Godoy e equipe
Estadão.com.br – São Paulo
Equipe: Marcelo Godoy (reportagem, roteiro e edição de texto), Bruno Paes Manso (reportagem), Ana Sacoman (edição final e edição de texto), Cecilia Cussioli (roteiro, edição e finalização de vídeo), Filipe Araújo, Alex Silva, Daniel Teixeira, Evelson Freitas e Wellington Oliveira (captura de imagens), Tiago Henrique, Carlos Marin, Renan Kikuche e Vinícius Sueiro (webdesign), Edmundo Leite, Francisco Carlos Fanca e Tiago de Souza Ferreira (pesquisa de imagens).

OBS. Não foi concedida Menção Honrosa na categoria Internet

Categoria: Rádio  

PRÊMIO
Mães da Fé
Caetano Cury | Rádio Bandeirantes – São Paulo

MENÇÃO HONROSA
A Doce Ação
Robson Machado | Rádio Tupi – Rio de Janeiro

Categoria: Revista

PRÊMIO
Os filhos do Bolsa Família
Cristiane Barbieri | Época Negócios – São Paulo

MENÇÃO HONROSA
Precisamos Falar sobre Romeo…
Rodrigo Ratier e equipe | Revista Nova Escola – São Paulo
Equipe: Wellington Rafael Soares Silva (repórter), Alice Vasconcellos (designer), Raoni Maddalena, Lucas Landau e Alexandre Bastos (fotógrafos colaboradores).

Categoria: Jornal  

PRÊMIO
Favela Amazônia
Leonencio Nossa e Dida Sampaio | O Estado de S. Paulo – Distrito Federal

MENÇÃO HONROSA
Racismo, um crime silenciado
Marcella Fernandes e Julia Nunes Chaib | Correio Braziliense – Distrito Federal

Categoria: TV Documentário  

PRÊMIO
Em Busca da Verdade
Lorena Maria e equipe| TV Senado – Distrito Federal
Equipe: Lorena Maria (direção, roteiro e produção), Deraldo Goulart (direção, pesquisa e produção), Davi Lima, Luciano Barreto e Cláudio Lisboa (editores), Guilherme Oliveira (edição e finalização), Rogério Alves, Marco Feijó e Carlos Moura (repórteres cinematográficos),), Leonardo Chaib e Izabela Caetano (videografistas), Joélio Rodrigues e Everaldo Santos (auxiliares de UPE), José Flores (trilha), Ana Carolina Resende, Júlia Rangel, Jéssica Alencar (estagiárias).

MENÇÃO HONROSA
A Revolta da Chibata
Vera Cardozo | TVE – Rio Grande do Sul
Equipe: Vera Cardozo (produtora executiva), Fernanda Carvalho (repórter), Vagner Karan, Thiago Krening e Ricardo Chaves (arte), Ademar Izaguirrez, Ronaldo Parra e Clóvis Santacatarina (imagens), Robson Wandermuren, Matheus Otanari e Claudio Trindade (assistentes de câmera), Messias Gonzales Freitas (locução), Luiz de Oliveira (iluminador), Lúcio Born (edição e finalização),André Suzano (operador de áudio), Thiago Gabbi (estagiário).

Categoria: TV Reportagem
PRÊMIO
Estrada da Fome
Daniel Motta e equipe | TV Record – São Paulo
Equipe: Daniel Motta (produtor), Lucas Mello e Ingrid Sachs (repórteres cinematográficos), Heleine Heringer (repórter), Catia Mazin (editora de texto), Renato Bataglia (arte), Rodrigo Alves, Roni Barbosa, Miguel Wesley, Marcos Orlando e Leandro Pasqualin (pós-produção), Natália Florentino (editora de pós-produção), Rafael Ramos, Humberto Pinto e Julio Cesar (sonorização).

MENÇÃO HONROSA
Questão racial – da ditadura à democracia
Débora Brito e equipe | TV Brasil – Distrito Federal
Equipe: Débora Brito (reportagem), Sigmar Gonçalves e André Rodrigo Pacheco (repórteres cinematográficos), Márcio Roberto Stuckert Seixas e Eustáquio [sobrenome] (edição de imagens e finalização), Júlia Costa (arte), Edivan Viana do Nascimento e Alexandre Santos Souza (auxiliares técnicos), Beatriz Abreu (produção) e Ana Maria Simões Passos (edição de texto).

 

 

 

Uma Resposta

Publique aqui um comentário, dúvida ou sugestão