Dia de Natal.

3

 

Muitos sentimentos entrecortam o coração.

O passado em sessão de fotos relembra Natais em que a família era maior. Portanto, um misto de alegria e tristeza toma conta ao fundo musical escolhido pelo mano Augusto. De primeira: Norah Jones.

Abraços apertados. Sorrisos. Minha filha linda Sofia! Feições de alegria.

pietra3

Pietra, de Augusto e Luciana

Na mira do olhar, um novo ser, Pietra, de turquesa. O Natal dela, que sorri lindamente como se em pouco mais de um mês de vida já soubesse que está viva entre nós fazendo parte dessa família grande.

Tudo se recicla: as energias, as pessoas que partem e as que chegam.

Novos fios embranquecem, gordurinhas se instalam dando novos contornos à maioria, e o confronto entre ontem e hoje é motivo de risos. Em alguns, nem tanto.

Mas, o que fica nessa imensidão de sentimentos é o sentido da vida.

Início, meio, fim, reinício…

E, neste instante, minha certeza de um profundo respeito ao viver. Um dia após o outro, com finais de ano em que podemos reunir família e reviver momentos inesquecíveis… que nas fotos congelam situações vivenciadas que não voltam mais, mas renovam minha esperança e minha crença de que amanhã é um novo dia!

 

Feliz Natal, Feliz Novo Ano a todos! bjs

 

3 Responses

  1. Lilian Daniel de Lucca

    Sempre juntas falávamos: ” a colheita é comum. Mas o plantio é sozinho. ” Guimarães Rosa.
    Lina, a vida permitiu nosso reencontro. Namastê!

    Responder

Publique aqui um comentário, dúvida ou sugestão