Celebremos a arte de José Antônio de Lima

 

Porque é uma arte elegante, talentosa, consistente.

jose_antonio_divulgacao2José Antônio de Lima está comemorando 25 anos de carreira, e o seu percurso artístico é rememorado na exposição “Trajetórias”.

As obras estarão expostas até o próximo dia 30 de março na galeria Solar do Rosário, em Curitiba.

A galeria Solar do Rosário fica na rua Duque de Caixas, no centro histórico da capital paranaense.

“Em ‘Trajetórias’, há um apanhado geral do meu trabalho, como pinturas, objetos, desenhos e instalações”, conta José Antônio.

Além da exposição, também está sendo lançado um livro sobre a sua vida artística.

O livro tem 250 páginas – nele, há entrevistas de José Antônio e textos críticos sobre a sua obra vigorosa; obra de imenso poder criador.

“Meus trabalhos são decorrência um do outro, não fico inventando, o último trabalho tem sempre amarração com os primeiros”, salienta José Antônio, ao falar a respeito das suas cinco fases: Totens, Casulos, Ferramentas e Armas, Catedrais e Tramas.

Após a exposição em Curitiba, José Antônio de Lima viaja para a Alemanha para apresentar “Tramas” na Luminale – Mostra de Arte com Luz 2014.

A Luminale reúne artistas convidados de diversos países.

José Antônio conta que “Tramas” já foram expostas no Museu de Arte da prefeitura de Hyogo, em Kobe, Japão, no Museu da Água, em Lisboa, Portugal, e na Galeria Vasby Konsthall, em Estocolmo, Suécia. José Antônio nasceu em 1954 em Sacramento, Minas Gerais; fez faculdade em Londrina e, atualmente, mora em Curitiba.

 

O livro que conta a história de José Antônio de Lima custa R$80,00 e pode ser adquirido na Livraria da Vila e na rede de Livrarias Curitiba. A exposição, no Solar do Rosário, tem entrada franca (de segunda a sexta, das 10 às 19h30 – sábado e domingo, das 10 às 13 horas).

 (fotos: Divulgação)

Publique aqui um comentário, dúvida ou sugestão